Carpaccio de beterraba e laranja


A vida é um vai e vem de emoções, sentimentos e recordações.
Vivemos depressa demais, é uma certeza.
Estamos constantemente ansiosos pelas férias e, quando estamos de férias quase não as sentimos e elas voam.
Mas, será que descansamos o que precisamos quando estamos de férias? Certamente não. Mas, o importante não é apenas descansar, é sair da rotina, fazer coisas diferentes e saborear a vida.
As minhas férias foram assim e volto mais revigorada, mesmo que não tenha tido o descanso devido.
Aproveitam a vida, seja, felizes e bom fim de semana com uma ideia prática de uma salada bonita, colorida e super rápida.

10 regras que ajudam a manter o corpo saudável

Claro que todos nós sabemos o que é necessário para manter o corpo saudável mas, muitas vezes é preciso relembrarmo-nos disso, também durante o outono/inverno.

Imagem retirada da Internet

Por isso mesmo, aqui ficam algumas dicas, nomeadamente:
  1. Reduzir o sal. O sal contém sódio que faz reter líquidos, por isso prefira alimentos frescos invés dos alimentos embalados.
  2. Cortar no açúcar e nas gorduras saturadas.   Estes fazem acumular toxinas e ajudam na formação de tecido adiposo.
  3. Cortar no tabaco. O tabaco reduz a flexibilidade dos vasos sanguíneos e, conseqentemente a oxigenação no corpo humano. 
  4. Consumir menos álcool. O álcool potencia a retenção de líquidos, beba com moderação.
  5. Beber muita água. A água ajuda a purifiicar o organismo, eliminado toxinas; beba cerca de 2 litros de água por dia.
  6. Comer alimentos com fibra. Os alimentos ricos em fibra, tais como cereais, fruta, vegetais, leguminosas e frutos secos fazem com que o intestino funcione corretamente, eliminado o inchaço.
  7. Evitar o excesso de especiarias. As especiarias são saudáveis e boas substitutas do sal mas, nunca em excesso.
  8. Evitar bebidas gaseificadas. Estas bebidas não são nutritivas e têm muito açucar na sua composição.
  9. Fazer exercício físico. É essencial para eliminar gordura, criar massa muscular e evitar alguns tipos de doenças, como a diabetes e acidentes cardiovasculares.
  10. Agradecer. Devemos agradecer o que somos e o que temos diariamente e pensar sempre positivo, pois ajuda o dia-a-dia a ser menos dificil e a ultrapassar as barreiras com que nos deparamos.

Sopa de tranche de bacalhau fresco [sopa do vidreiro]


Fui desafiada pela Iglo e pelo Chef Tiago Bonito a confecionar uma receita com a nova tranche inteira de bacalhau fresco, pescado em alto mar e congelado com toda a qualidade.
Como entrámos no outono e, sendo eu natural da Marinha Grande, lembrei-me de homenagear a sopa da minha terra, a sopa do vidreiro, propícia para esta altura do ano.

Tártaro de salmão e laranja com molho vinagrete


Fui desafiada pela Paladin para fazer uma receita com um dos molhos deles e, como está muito calor, optei por uma receita leve, fresca e muito colorida.
Espero que gostem e votem na minha receita, aqui.
Obrigada ♥♥♥

Pregado

Considerado o "Faisão" do mar, é raro e existe apenas em águas europeias. 
É um peixe semi-gordo, de fácil digestão e com baixo teor calórico. A sua carne é delicada e suculenta, permitindo todo o tipo de preparações culinárias. Prepara-se inteiro, em postas ou em filete, grelhado, salteado, frito ou assado.
O da costa portuguesa é disputado pelos melhores restaurantes do mundo. 



Nota: Ver mais receitas com pregado (aqui



Pregado com limão e orégãos


Pela primeira vez na minha vida que agosto não foi o mês de eleição das férias. Não é que eu goste muito, pois há sempre muita confusão e, no fim das férias precisamos de férias. mas, como o meu marido faz anos no dia um, habituámo-nos a festejar em férias.
Em agosto as praias enchem-se de pessoas e, o sossego que tanto ansiamos devaneia-se no ar.
Rumámos ao algarve em junho e, apesar da praia já estar "composta", conseguia-se minimamente descansar e relaxar; os dias estavam bastante quentes e a água maravilhosa. 
Respirei e vivi praia como não o fazia há anos, não me perguntem porquê mas, esta semana valeu ouro e fez-me rejuvesnecer.
Agora, estamos quase de partida e, como as aulas já iniciaram, certamente que a praia vai ser nossa, das gaivotas e quem sabe os golfinhos.
Será que os golfinhos vão voltar para nos presentear novamente ou será que ficamos apenas com as gaivotas a reivindicar o seu espaço, invadido pelos milhares de turistas que rumaram a sul nos meses de julho e de agosto?


Esta receita faz-me recordar os bons sabores algarvios, devido aos orégãos que todos os anos trago de lá, do sr. Monchiqueiro. E, como o pregado, sendo um peixe semi-gordo, combina bem com o limão, juntei-o com os ditos orégãos e obtive uma excelente refeição.

Huevos rancheros [ou ovos em molho de tomate]


Tomate, sempre foi um dos frutos incluidos na minha esquisitice. Sim, eu sempre fui esquisita e, vejam lá que, se a minha mãe colocasse tomate na salada eu já não comia. Criancices!!!
Na minha vinda para Lisboa e naquela que seria a minha descoberta pela cozinha e pelos sabores gastronómicos, descobri o tomate. E, não é que até gostei.
Um dos pratos que a minha sogra faz várias vezes no verão é tomatada com ovos (devido ao excesso de tomates no seu quintal e que eu ainda não consegui comer), que é mais ou menos parecido com este que eu vos apresento.
Nesta minha descoberta gastronómica, resolvi experimentar, dando-lhe um toque mais pessoal.
Conclusão, comi mas, continuo na minha, não me encanta...
Espero que gostem desta minha sugestão e bom fim de semana!