-->

Velhoses (Azinhaga)

... por TERTÚLIA DA SUSY em 17 de dezembro de 2014

Já mesmo no final do ano mas, ainda com tanto para fazer... e assim surgiu um novo conceito - Amigo Blogger Secreto.
A ideia consiste em ter um amigo secreto (por sorteio) e oferecer uma receita a esse amigo e presenteá-lo no nosso blog.
Pois, o amigo secreto (neste caso amiga secreta) que me foi destinado foi... já não vai ser secreto... a Dália do blog Preguiça na Cozinha.


Quase, quase no Natal.... e eu sou apaixonada por estes fritos!
Dália, aqui fica o meu convite para um café com umas velhoses, que tal?

Adaptado de
Cozinha Tradicional Portuguesa, Maria de Lourdes Modesto

Ingredientes
1,5kg de abóbora
1 cálice de aguardente
10g de fermento de padeiro
2dl de sumo de laranja
raspa da casca de 3 laranjas
3 ovos
sal
400g de farinha


Preparação
Descasca-se e coze-se a abóbora em água e sal. Escorre-se muito bem e esmaga-se com a mão. Desfaz-se o fermento no sumo de laranja e junta-se ao puré de abóbora. Juntam-se também os ovos inteiros, a aguardente e a raspa das cascas das laranjas. Finalmente, liga-se tudo com a farinha e amassa-se bem. Tapa-se o alguidar com um pano e embrulha-se num cobertor. Deixa-se ficar a levedar em local temperado. Depois de levedada (arrendada) a massa frita-se às colheradas em azeite quente. Escorrem-se sobre papel absorvente e envolvem-se em açúcar e canela.




Tempo de preparação: 3 horas
Quantidade: 60 unidades
Custo: económico
Grau de dificuldade: fácil (*)
Vegetariano: Sim
Para crianças: Sim
Ingrediente principal: Abóbora


Sopa de abóbora com amêndoa

... por TERTÚLIA DA SUSY em 15 de dezembro de 2014


Uma sopinha reconfortante para estes dias frios que nos fazem caminhar para o Natal a passos largos... e, uma sugestão para que a sua Ceia de Natal seja mais saudável e, igualmente composta por pratos tradicionais.


Ingredientes
600g de abóbora sem casca
1 cebola
2 dentes de alho
1 fio de azeite
1 chuchu
1 alho-francês sem rama
2 courgetes
amêndoa q.b.


Preparação
Cozer em água temperada de sal, a abóbora partida em pedaços, a cebola, os dentes de alho, o chuchu, o alho-francês e as courgetes.
Depois de todos os legumes cozidos, triturar tudo com a ajuda da varinha mágica. Levar a lume brando, para apurar mais um pouco e retificar de sal, se necessário.
Desligar o lume e verter um fio de azeite sobre a sopa.
Ralar as amêndoas grosseiramente e adicionar a cada prato, na altura de servir.

Tempo de preparação: 1 hora
Quantidade: 4 pessoas
Custo: económico
Grau de dificuldade: fácil (*)
Vegetariano: Sim
Para crianças: Sim
Ingrediente principal: Abóbora

Perna de peru com alecrim

... por TERTÚLIA DA SUSY em 12 de dezembro de 2014



Nesta época natalícia e de frio, em que apetece estar em casa, rodeado pelas pessoas que amamos, num ambiente íntimo e de celebração, é tão bom poder desfrutar de boa comida e bom vinho.



Os cozinhados de forno a baixa temperatura conferem suculência e sabor à carne e, tornam o ambiente de casa bem agradável ao libertar esses odores suavemente.
Aqui fica uma sugestão para a vossa noite de consoada.


Adaptado de
Teleculinária, n.º1854, outubro 2014

Ingredientes
1 perna de peru
1 cerveja
2 dentes de alho
Azeite q.b.
1 limão (sumo)
2 colheres (sopa) de pimentão-doce
Alecrim q.b.
Pimenta Suldouro
batatas pequenas q.b.


Preparação
Descasque as batatas pequenas e coloque-as inteiras num tabuleiro de forno.
Limpe a perna de peru de peles e coloque-a também no tabuleiro de forno, adicionando o alecrim.
Num fervedor, coloque os dentes de alho picados, o sumo de limão, o pimentão-doce, o azeite, o sal e a pimenta. Misture tudo e leve ao lume até ferver. Regue a perna de peru e as batatas com este preparado.
Leve ao forno a baixa temperatura (150ºC) durante cerca de 3 horas. Após 1 hora de estar no forno, regue a perna de peru e as batatas com a cerveja.




Recomendo que acompanhe esta refeição com o vinho Monte Seis Reis Boa Memória Tinto 2010, servido a uma temperatura de 16-18ºC.
É um vinho elegante, com aroma a fruta vermelha madura. na boca é redondo e equilibrado, com final agradável e persistente.


Tempo de preparação: 3 horas e 30 minutos
Quantidade: 6 pessoas
Custo: económico
Grau de dificuldade: fácil (*)
Vegetariano: Não
Para crianças: Sim
Ingrediente principal: Perna de peru
Kcalorias: 258

Caril de frango

... por TERTÚLIA DA SUSY em 9 de dezembro de 2014


Esta receita foi adaptada do blog da querida Joana - Prazer a cozinhar - e fica muito suave ao paladar.

Ingredientes
1 cebola
2 malaguetas sem sementes
2 dentes de alho
1 colher (sopa) de gengibre ralado
Azeite
1 + 1/2 colher (sopa) de caril em pó
3 peitos de frango grandes cortados em pedaços pequenos
sal Marnoto by Necton

Pimenta Suldouro
200ml de leite de coco
50ml de leite


Preparação

Picar a cebola, os dentes de alho e as malaguetas. Acrescentar o gengibre e levar ao lume com o azeite durante alguns minutos.
Juntar o caril em pó e deixar ao lume mais uns minutos.
Adicionar os peitos de frango à mistura, cozinhar mais uns minutos e temperar a gosto.
Deitar o leite de coco e o leite sobre o frango e deixar ferver durante 20 minutos, até que o frango esteja devidamente cozinhado.
Acompanhar com arroz branco.


Tempo de preparação: 35 minutos
Quantidade: 2 pessoas
Custo: económico
Grau de dificuldade: fácil (*)
Vegetariano: Não
Para crianças: Sim
Ingrediente principal: Frango

Maçã assada com Marsala

... por TERTÚLIA DA SUSY em 3 de dezembro de 2014


Com o tempo frio sabe bem chegar a casa e comer algo reconfortante. Fica aqui uma dica para um lanche saudável e bem delicioso.
Atenção, não vale adicionar açúcar, as maçãs já são doces o suficiente.


Ingredientes
1 cálice de vinho Marsala
8 maçãs
8 paus de canela
água q.b.

Preparação
Ligue o forno a 180ºC.
Lave bem as maçãs e retire os caroços, colocando em cada uma paus de canela.
Depois, coloque-as num tabuleiro de ir ao forno e junta-se água necessária até cobrir o fundo.
Leve ao forno cerca de 20 minutos e regue com vinho Marsala cada uma das maçãs, durante a cozedura.


Tempo de preparação: 40 minutos
Quantidade: 8 pessoas
Custo: económico
Grau de dificuldade: fácil (*)
Vegetariano: Sim
Para crianças: Sim
Ingrediente principal: maçã

Bolo de chocolate do Natal

... por TERTÚLIA DA SUSY em 2 de dezembro de 2014

No dia 14 de novembro, fui assistir a mais um workshop de chocolate integrado na 7.ª edição da Semana do Chocolate que decorre nos Hotéis Real. Desta vez as protagonistas foram a Dulce e a Lúcia dos blogs Cozinha[daduxa] e O Barriguinhas, respetivamente.
Fiquei completamente rendida com este bolo e, por isso decidi fazê-lo para a minha irmã que adora chocolate e, não consegui esperar até ao Natal.


Ingredientes para o bolo
1 chávena de manteiga sem sal
1/2 chávena de cacau em pó
3/4 chávena de água
2 chávenas de açúcar
2 ovos grandes
1/2 chávena de natas
1 colher (sopa) de farinha custard
2 chávenas de farinha fina para bolos
1 colher (chá) de bicarbonato de sódio
1 colher (chá) de canela
1/4 de colher (chá) de sal
1 romã (para a decoração)

Ingredientes para a cobertura
100 g de nozes
1/4 chávena de manteiga sem sal
1/2 chávena de natas
1/2 chávena de açúcar em pó
1/2 chávena de pedaços de chocolate preto
1/4 de colher (café) de sal


Preparação do bolo
Aquecer o forno a 180ºC. Untar uma forma com margarina e polvilhar com farinha.
Derreter a manteiga em banho-maria, juntar o cacau e mexer. Adicionar as natas e a água e mexer.
Numa taça à parte, bater bem os ovos e o açúcar até ficar uma massa esbranquiçada e fofa. Numa outra taça, misturar a farinha com a farinha custard, o sal, a canela e o bicarbonato de sódio e peneirar tudo. Adicionar o primeiro preparado (manteiga e cacau) ao segundo (ovos e açúcar) e bater bem.
Depois de peneirados, adicionar em partes os secos, e envolver com uma espátula, sem bater. Misturar de dentro para fora. Verter a massa para a forma.
Reduzir a temperatura do forno para 170ºC, e deixar a cozer entre 45 a 55 minutos.

Preparação da cobertura
Torrar as nozes numa frigideira até estarem tostadas.
Em banho-maria derreter a manteiga, as natas, o açúcar, o chocolate e o sal. Mexer o preparado até obter uma mistura homogénea. Juntar as nozes, envolver e levar ao frio para arrefecer e para o creme encorpar.
Depois do bolo arrefecido e desenformado, colocar o creme por cima. Decorar com bagos de romã.

Tempo de preparação: 1h 30 minutos
Quantidade: 6 pessoas
Custo: económico
Grau de dificuldade: fácil (*)
Vegetariano: Não
Para crianças: Sim
Ingrediente principal: chocolate

Nunca desistas de viver - Sofia Lisboa

... por TERTÚLIA DA SUSY em 28 de novembro de 2014

Sinopse
Às vezes, um simples telefonema pode partir uma vida ao meio.
- Sofia, há qualquer coisa esquisita com as suas análises.
Foram nove palavras apenas, num domingo radioso, de um Verão que chegava ao fim. Iria começar um longo Outono para Sofia Lisboa, e um Inverno sem fim.
Antes do telefonema, a vocalista dos Silence 4 não tinha tudo o que queria. Mas tinha muito: um passado que ainda lhe emoldurava as paredes com discos de ouro e platina, e muitas recordações gloriosas de palcos e tournées. Vivia com o amor da sua vida, dava aulas de fitness com prazer. E, sobretudo, sentia a crescer dentro de si uma nova vida, 14 semanas apenas, e muitas promessas de alegria. Mas o telefonema da médica cortou-lhe a vida em duas metades. O diagnóstico, mais tarde, confirmou um tipo grave de leucemia, quase uma sentença fatal. Nos anos que se seguiram Sofia perdeu quase tudo. A saúde, um filho, o emprego, o marido, a beleza. E até a esperança, a última a morrer, esteve por um fio. Mas há fios que resistem, são mais fortes do que parecem. E houve o amor da mãe, do pai e dos amigos, tantos e tão bons, sempre a ajudar. E também médicos, enfermeiros, colegas de quarto no hospital.
E sobretudo, houve o amor de uma irmã que lhe deu literalmente a vida...



Sofia Lisboa é uma menina de Leiria que o mundo ficou a conhecer através dos Silence 4.
Conheci a Sofia quando me inscrevi num ginásio em Leiria e, apesar desta ser "famosa", era como se não o fosse. A Sofia nunca foi altiva, nem de "nariz emproado", muito pelo contrário sempre foi meiga, atenciosa e sempre atenta aos mais pequenos detalhes, mas que fazem toda a diferença.
Lembro-me que durante algumas aulas a Sofia cantava e eu deslumbrava-me com aquela maravilhosa voz.
Posso afirmar que a minha "curta" viagem naquele ginásio (pois vim para Lisboa em 2009) me deixou saudades, não tanto pelos exercícios mas, pelo companheirismo e boa ambiente que ali se vivia.
Posso agradecer à Sofia e às outras meninas (Vanessa, Célia, Sheila e Stephanie), o facto de vir para Lisboa mais desinibida e mais confiante em mim própria e, também por ter ganho o "gostinho" pelo exercício físico (que ainda hoje mantenho).
Em dezembro de 2013 encontrei a Sofia nas redes sociais e, fiquei perplexa ao saber da sua doença (leucemia linfoblástica aguda). Não podia ser verdade...
Mas, o tempo passa e passa e as pessoas nunca têm tempo para fazer o que realmente lhes vai na alma e, assim nunca mais tive contacto com a Sofia.
Há pouco tempo, também nas redes sociais, vi que a Sofia tinha escrito um livro sobre a sua doença e ao ver a fotografia que era espalhada, pensei:
-Vão entrevistar alguém com a Sofia que também teve leucemia.
Mas, qual foi o meu espanto quando, ao ver a entrevista, constatei que a pessoa na fotografia era afinal a Sofia. Fiquei completamente prostrada e sem forças...



Esta história tocou-me imenso, afinal ela é minha amiga e tem a minha idade. Isto pode acontecer a qualquer pessoa...
A história da Sofia é uma lição para a vida e aplica-se a qualquer situação, é uma história de força de vencer.
Comprei o livro e num dia "devorei-o". Ri e chorei e consegui deslumbrar nesta história a Sofia que eu conheço.
No livro a Sofia escreve uma frase (referindo-se ao ginásio que eu frequentei)  que eu acho que está incompleta. Ela escreve "(...) para além de professora de fitness, eu tinha funções de comercial. (...)" e eu acho que devia acrescentar "(...) e de amiga e confidente. (...)"
Quando soube da apresentação do livro, em Lisboa, nem hesitei em ir, pois iria expressar o meu apoio e dar o meu carinho à Sofia.


A apresentação aconteceu num ambiente muito sereno, muito intimista e com a sala cheia de amigos da Sofia.
Durante a sessão de autógrafos, a Sofia recordou uma história que eu tinha contado no ginásio em Leiria, que eu própria já não recordava. É assim esta menina, sempre amiga e sempre presente.
Força Sofia e cá estarei sempre para ti, pois tu estarás sempre no meu coração .



As autoras
Sofia Lisboa estava a terminar o secundário em Leiria quando foi desafiada para ser vocalista dos Silence 4, grupo de que fez parte desde o inicio (1995) até ao fim (2001). Entrou na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, durante o período de maior sucesso da nada de Leiria.
Nascida em França em 1977, viveu lá toda a infância, regressando a Portugal em 1988. Fez parte do grupo Ellas com Raquel Ralha, um projeto musical em que cantavam temas de Nancy Sinatra, Edith Piaf, Jane Birkin ou Rita Lee. Fez também parte do espetáculo Cantigas da Rua - As Grandes Músicas de Sempre, dos Grandes Filmes de Sempre. Depois da passagem pelos Silence 4, geriu uma empresa familiar e foi instrutora de fitness em Leiria até lhe ser diagnosticada a leucemia.

Natália Heleno Pereira, prima de Sofia Lisboa, também nasceu em França em 1973. Regressou a Portugal em março de 1978. Licenciada em Línguas e Literaturas Modernas pela Faculdade de Letras da Universidade de Coimbra, vive atualmente em Leiria, e é professora de português desde 1995 e há 2 anos na Marinha Grande.