Filetes de pescada com romã e sea fingers


Jantares de sexta-feira são sinónimo de descontração e de uma deliciosa refeição, acompanhada de um bom vinho e uma boa companhia. Gosto disto tudo mas, no fim de uma semana de trabalho, não gosto de passar muito tempo na cozinha e esta é a refeição ideal para isso.

Chás para ajudar na perda de peso

Os chás podem ser uns bons aliados à perda de peso, juntamente com uma alimentação cuidada e saudável. Além de serem naturais, podem ser consumidas quentes ou frios e são muito saborosos.
Mas, tem que ter em atenção que a maioria destes chás são diuréticos e, podem influenciar a tensão arterial, fazendo-a descer. Devem sempre ser bebidos com moderação.
Também pode juntar diversos chás, para ter um efeito mais intensivo.


(imagem retirada da internet)


Red fish no forno

Ultimamente tem-se falado muito sobre alimentação saudável e a relação com a economia. Esta refeição que apresento é muito simples de preparar, barata e muito nutritiva. É ainda uma refeição própria para crianças e uma forma destes ingerirem vegetais e peixe.

Sopa de cenoura e abóbora


Chegou finalmente o frio! É tempo de voltar às sopas quentinhas e reconfortantes. Adoro uma sopa quente, para me aquecer quando chego a casa, depois de um treino exaustivo no ginásio. Gosto de variar nas cores e nos sabores das sopas e, assim tirar partido dos imensos legumes que temos à disposição.
Esta sopa fica um pouco diferente ao servir com uma pitada de noz-moscada. Foi uma dica que a minha amiga Manuela me confidenciou. Além de ser saboroso, também é decorativo. E, resulta mesmo.

Energia Matinal

Para que o nosso corpo esteja com energia depois de uma noite de sono e descanso, podemos ajudá-lo nesse sentido. De manhã, uma chávena de água quente (ou fria) com sumo de limão ou lima, é o suficiente para o acordar. Tente beber 30 minutos antes do pequeno-almoço. Também poderá beber chás matinais que ião ajudar no resto do dia.

Bolo invertido de marmelo

 
O meu colega J ofereceu-me marmelos (biológicos) da sua "quinta" e, eu nunca nego produtos de excelente qualidade.
Combinámos que, depois do trabalho, eu iria lá ter à sua "quinta". Quando lá cheguei, senti o cheiro da terra e dos alimentos que têm origem na terra.
Nos últimos anos tem-se perdido um pouco a identidade dos alimentos e da sua génese e, até as crianças não sabem de onde são os produtos, como aquela anedota que o leite de vaca vem dos pacotes de supermercado. É muito triste.
Nós tratamos muito mal a terra e queremos que ela nos dê produtos que nem sabemos apreciar. Deixámos de sentir as texturas dos alimentos, de sentir o seu cheiro e de saber como se preparam na cozinha. Tudo isto é fundamental para a sustentabilidade e para o crescimento como ser humano.
Dito isto, aqui fica o bolo que fez as maravilhas dos meus colegas e, até o M comeu e disse que estava divinal.